10 de fevereiro de 2011

Nunca somos tão infelizes como supomos, nem tão felizes como havíamos esperado.

Nenhum comentário: